BI

Impressão

Scaffolds construídos por impressoras 3D são utilizados para produzir OVÁRIOS FUNCIONAIS


O termo prótese representa o scaffold feito de colágeno por uma impressora 3D, cujo objetivo é dar suporte e aderência aos folículos saudáveis e as demais células que compõem um ovário. Portanto, o ovário não foi impresso ou "bioimpresso", ele teve sua cápsula externa preservada, e a parte interna foi "recheada" com scaffold semeado com os folículos viáveis de outro animal.

A utilização de scaffolds semeados com células é uma técnica já consolidada na engenharia tecidual e hoje é auxiliada por impressoras 3D para facilitar a construção controlada e personalizada de poros e biomateriais.

A mídia aproveita resultados significativos como esse para transmitir "meias verdades".

Ainda não temos órgãos funcionais "bioimpressos", mas sim, tecidos híbridos, produzidos por uma mistura de técnicas já consolidadas e utilizadas na engenharia tecidual.

Obs. Vídeo de um scaffold para tecido ósseo sendo produzido no Núcleo de Tecnologias Tridimensionais no CTI Renato Archer, utilizando a mesma técnica usada pelos pesquisadores que produziram os ovários funcionais. https://www.facebook.com/janaina.dernowsek/videos/1638900076139813/

Posts Recentes